As aparências enganam

Há bem que parece mal, e há mal que parece bem.

Para o filho que fica de castigo, parece mal, mas é bem. Para os pais que não disciplinam sua filha, parece bem, mas é mal. Está escrito que há caminhos que parecem bons, mas que acabam levando à morte. Já o ditado popular reza que as aparências enganam, e é verdade. Então “por trás de um bem ou mal relativo, há sempre um bem ou mal absoluto” que sustenta a realidade composta de essência e aparência, interior e exterior, estrutura e fachada, que precisam ser harmônicas, do contrário, se a edificação for mais pesada do que o alicerce pode suportar, com certeza não vai durar. Daí a preciosidade da Referência que, como uma Rocha, nos permite crescer sob a instrução de certos e errados bastante precisos, os quais fortalecem nossa essência.

“Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, YHWH, faço todas estas coisas.” Isaías 45:7

A volta por cima

Perdoe e talvez até esqueça, porém jamais haja como se nada tivesse acontecido só para agradar a quem perdoou, porque a negação de fatos consumados anula também a experiência, e acaba por esmagar quem se é. Continuar lendo

Os otários somos nós

Os otários somos nós, e eles os espertos. Nós pagamos todos os impostos para talvez, sobrar algum, e eles roubam tudo que nos faz falta para terem suas casas espalhadas pelo mundo. Nós esperamos a nossa vez, que para muitos nunca chega, enquanto eles furam a fila, aceitam suborno, mentem para os céus e o tártaro. Nós que andamos a pé, que falamos de fé, que recusamos ficar presos ao dinheiro; somos nós os imprestáveis, os inferiores, que nunca bebemos para dirigir, que nunca dirigimos para correr, que nunca corremos para matar e morrer; somos nós os maus e eles, os retos; capazes de comprar para si o mundo, mas deficientes para qualquer caridade, para pagar o pastel do menino de rua. Continuar lendo