Desonra criminosa

Uma jovem saiu à noite não se sabe para quê, e numa certa esquina, viu sua colega de classe conversando com jovens prostitutas, vestida de maneira incomum, então concluiu para si que sua colega estaria vendendo o corpo, como aquelas outras jovens. No dia seguinte então, com seu grupo colegas, comentou à parte: “vi beltrana ontem na esquina, conversando com aquelas prostitutas, com uma roupa assim, e acho que ela está se prostituindo”. Então, também suas colegas comentaram a outrem um pouco mais do que o mesmo, dizendo que aquela jovem estaria se prostituindo, porque alguém assim (supostamente) viu. Continuar lendo