Parábola da moeda sem valor aparente

Um homem riquíssimo e piedosíssimo, vendo a condição sofrida de seus semelhantes mundo afora, teve uma ideia excelente para ajudá-los: cunhar uma moeda que pudesse mudar a condição da humanidade. Então, o homem saiu a distribuir a nova moeda, também convidando a muitos que fossem recebê-la em sua residência, pedindo aos premiados que falassem da novidade, mostrando-a consigo. E apesar do contentamento que trazia, aquela moeda ainda não tinha valor corrente, senão só a promessa do homem rico de que viria a ser a única moeda no futuro.

Ao longo de dois tempos, parecendo aos proprietários que promessa tardava, foram perdendo o entusiasmo em falar daquilo que antes era a sua riqueza, e de como aquela moeda mudara e viria ainda a mudar suas vidas. Ainda por cima, aqueles que nunca creram muito na promessa e nem sequer almejaram as moedas gratuitas, começaram a zombar dos que as guardavam.

Chegou então a hora ideal para implementar o projeto de abundância daquele homem riquíssimo e piedosíssimo que, na verdade, era o dono de todas as riquezas, mais do que a qualquer outro. A moeda que ele distribuíra era já conhecida por todos, e todos que realmente quisessem, a poderiam ter na quantidade que pudessem carregar. Foi quando aquele homem muito se entristeceu por ver que nem todos aceitavam ter consigo esta moeda: trocaram-na por outras que lhes custavam o tempo, e que agora lhes custariam a vida.

Quando tomou posse de tudo que era seu, o homem riquíssimo e piedosíssimo chamou primeiro quem tinha a moeda, cumprindo sua promessa de dar a cada um conforme a quantidade que tinha: na sua maioria eram pessoas antes de condição humilde, gente simples e generosa, que levou a única moeda a muitos, mesmo que aos poucos. Depois foram chamados quem não tinha a moeda: estes eram na sua maioria os poderosos de antes, que desdenharam da moeda e da promessa que representava. Foi estabelecido então um novo governo que duraria um tempo, e todos os bens do anterior era queimado até as cinzas nas suas entradas, e só tinha parte neste quem tinha a moeda.

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.