Com o pecado, todo adianto é atraso

Palavras de quem já foi escravo: com o pecado, todo adianto é atraso. Somos reflexo da nossa veneração, da nossa sujeição. Se a pessoa venera deuses promíscuos, por exemplo, será promíscua. Se está sujeita a um meio de práticas corruptas e assinte com estas, será corrupta.

A ilusão do mundo consiste em grande parte na aparente desconexão entre causa e efeito, entre plantio e colheita. É claro que leva mais ou menos tempo para vermos os frutos dos males praticados, mas o importante é que os reconheçamos como nossos.

Talvez por isso a tentação dos jovens seja maior, porque ainda não plantaram nem muito o bem nem muito o mal, de qualquer forma ninguém precisa ser escravo do passado, muito menos do pecado, e esta é a beleza da responsabilização: mudar a cor e o tom do seu rastro, usar os erros do passado como impulso para o acerto presente e futuro.

Deste ponto em diante, podemos entender a revelação do que é pecado como uma oportunidade de saltar grandemente em direção à luz e à verdade, para muito além do cada vez mais limitado conceito moral da sociedade. Por isso aprender e fazer o que é certo nunca saem de moda, nunca destoam da beleza de ser livremente humano.

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.