Sardinha express


A solução de cima para baixo do problema de superlotação dos transportes públicos metropolitanos seria a reformulação do espaço interno dos veículos, que por lei não poderiam mais transportar passageiros em pé, o que obrigaria as empresas a ampliar radicalmente sua frota, a fim de restabelecer os lucros, atualmente exorbitantes por conta da ausência dos limites numéricos para a lotação, que nos ônibus eram informados tanto para passageiros sentados, quanto para passageiros em pé. E a solução de baixo para cima do mesmo problema é a organização de grupos de pessoas do mesmo destino ou local de trabalho engajadas em alternativas como caronas solidárias, transportes empresariais privados e métodos semelhantemente criativos para humanizar o cotidiano do trabalhador, enquanto o morar e trabalhar perto é ainda um luxo de poucos. Somente com um transporte público realmente confortável se pode propor um rodízio de veículos que torna as cidades menos poluídas, barulhentas e engarrafadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s