Nudez de relance

A mente do homem moderno, subconscientemente temerosa, viciosamente competitiva, e, portanto, sujeita ao sentimento de inferioridade causado pelas hierarquias e valores deturpados porque desumanos, facilmente se inclina ao julgamento alheio como meio de defesa e escape das opressões que a transtornam. A liberdade, tanto quanto os produtos alimentícios à venda, é um simulacro inócuo da verdadeira que as maiorias desconhecem, hora pendendo para a libertinagem, hora dependendo de recursos dominados por outrem, restando ainda a liberdade de pensamento e a de ir e vir, pouquíssimo aproveitadas pelo estado de escravidão a que se submetem, especialmente quando demonstram pouco interesse em entender a sociedade que integram, ignorando com certa histeria, qualquer informação que as arranque da maioria, como touro escolhido para o abate, quando na realidade permanecer no curral garante sua lenta e inebriante morte matada, porém totalmente desapercebida. Seu veneno? A confiança em um intrincado sistema invisível de forças que não considera nada se não os lucros crescentes. Nascido abaixo apenas do ecossistema, procura compensar o mal feito pelos sistemas ao redor, se submetendo mais e mais a sistemas diversos, e quanto mais se move, mais se afunda na imperfeição daquilo que o homem criara, em linhas gerais, somente para dominar outros homens. Alguns, contudo, percebem que tanto a inferioridade quanto a superioridade em relação a qualquer um, são exatamente a mesma cadeia, aprisionando à mesma mentira, vivida de formas diferentes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s